20 de jul de 2015

Não se preocupe com o estalo que você ouviu, é só teu coração batendo de novo.

Olha menina, não se assuste, o que você ouviu partir foi só seu coração.
Ei, não se apavore, é normal, acontece com todo mundo, vai ser bom.
Não se conforme, mas deixe doer um pouco, a dor precisa ser sentida.
É o tipo de coisa que, infelizmente, não para de sangrar tão rápido.

Vai acontecer de novo, mas não se preocupe com isso agora.
Só acalma a respiração, e toma uma água pra acalmar esse choro.
Mas chora o quanto for preciso, porque chorar é bom.
Não desiste.

Não se perde de vista porque um idiota fez isso.
Acontece, e eles também são pessoas perdidas, quem sabe se ele não está da mesma forma?
Pode sentir raiva, é normal, mas não odeia o mundo. Não se odeia.
Não sinta pena de si mesma. Pode sentir, mas só um pouquinho.

Não tenha medo de se entregar de novo. Não sinta medo de sentir,
O que te torna incrível é a capacidade de se reconstruir e começar de novo.
Você é sim, incrível. Todas somos, e vai por mim, nós valemos a pena.
Ele não vai te esquecer. Em algum momento alguma coisa vai te levar pra ele e vai doer nele também.

Isso não é um manual de instruções.
Só estou repassando pra você minha dor, minhas vivências.
Que não são muitas, não se assuste.
Mas não esquece que minha alma é velha.

Talvez você recaia algum dia
Quando a maresia te trouxer lembranças e aquela voz
Mas fica forte, às vezes vai bater o tédio, e ele vai voltar
Com um papo sussurrado de que você foi muito especial, mas isso não é um eu te amo.

Então faz como eu fiz e promete.
Cada vez que ele te fizer falta e doer, cada vez que ele se fazer merecer
Escreve. Pega qualquer coisa e escreve num pedaço de papel, num canto da pele.
Desabafa, diz, ou escolhe uma frase.

"É que você foi demais e deixou de ser."
Foi, deixou de ser, se tornou, continuou sendo.
Você, eu, ele, os que eram e os que virão a ser.
Não para tua vida por causa das pessoas. De ninguém. Muito menos dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário